O que diz a ciência sobre óleo de coco nos cabelos

O óleo de coco nos cabelos já virou um clássico da rotina de cuidados de muitas mulheres. As experiências são bastante específicas de acordo com cada caso. Os relatos sobre o óleo de coco nos cabelos são abundantes – basta uma rápida busca pelo Google.

As experiências relatadas em blogs, canais do YouTube e outros meios variam bastante. Há quem diga que funciona, há quem diga que não. São inúmeras recomendações de uso por parte das blogueiras.

Mas, você já se perguntou o que diz a ciência sobre óleo de coco nos cabelos?

Sim! Existem muitos estudos sobre o uso dessa substância. Gosto de trazer dados científicos para que você não seja engando em algumas situações que oferecem soluções milagrosas.

E também porque, dar certo ou não dar certo, usar de uma forma ou de outra, isso tudo é relacionado à experiência pessoal bem individual.

Mas, quando um ingrediente é testado por meio de métodos científicos, a conversa muda. Vamos conhecer esses estudos?

Mais eficiente que outros óleos

Um estudo que originou o artigo publicado no Journal of Cosmetic Science tem como título, em uma tradução livre “ Efeitos do óleo mineral, óleo de girassol e óleo de coco na prevenção dos danos aos cabelos”.

Nesse estudo, foram comparados os efeitos dos referidos óleos no cabelo. Aqui, ficou comprovado o quanto o óleo de coco é destaque na prevenção da quebra e da desidratação do cabelo.

A eficácia do óleo de coco nos cabelos se dá por ser um triglicerídeo do ácido láurico e, portanto, sua cadeia pequena consegue penetrar profundamente no cabelo. Seu uso foi analisado nos momentos antes e depois da lavagem.

Os óleos minerais sintéticos contam com hidrocarbonetos que são incapazes de penetrar na estrutura capilar. Portanto, são menos eficientes que o óleo de coco.

Leia também: Fatores essenciais para manter os cabelos saudáveis

Prevenção da perda de proteínas

No mesmo periódico, foi publicado o artigo ‘Efeitos do óleo de coco na prevenção dos danos ao cabelo”. O artigo foi fruto de um estudo realizado por espectrometria para verificar a ação do óleo de coco no sentido de proteger a perda de água e proteínas de sua estrutura.

Por meio de equipamentos específicos e observação desses aspectos, ficou comprovado o quanto o óleo de coco é eficaz para manter a hidratação e a nutrição dos cabelos.

Eu espero que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas em relação ao uso do óleo de coco nos cabelos. Se você quer mais dicas como essa, convido a seguir meu perfil no Instagram clicando aqui.

Somente por acompanhar meus conteúdos, você está um passo a frente em relação aos cuidados com os seus cabelos e também da sua saúde.

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Até a próxima!

Dr. Lucas Fustinoni

Dr. Lucas Fustinoni

Ajuda pacientes em consultório a recuperarem a autoestima e a confiança de que podem, sim, ter a barba e os cabelos que desejarem com um tratamento seguro, adequado e eficiente.

Calvície: será que não tem solução?

Fechar Menu