7 cuidados fundamentais para cabelos saudáveis

Manter alguns cuidados fundamentais para cabelos saudáveis pode fazer parte da sua rotina sem grandes esforços. Basta fazer seu compromisso com a saúde capilar um hábito e, acredite, tudo ficará mais fácil.

1. Usar os produtos adequados para seu tipo de cabelo

Cabelos secos pedem produtos que reponham a água e a gordura natural do fio de cabelo. Cabelos oleosos precisam de controle de oleosidade. Se o seu cabelo é cacheado, também precisa de produtos que favoreçam as curvas naturais dos cabelos. Cabelos tingidos precisam de revitalização devido à química a que estão expostos. E por aí vai.

Escolher um produto considerando apenas seu perfume ou por estar na moda é um erro que você não deve cometer. Respeite as necessidades do seu cabelo. Ah, essa dica não vale só para cosméticos, mas também para as escovas que você usa. Uma escolha errada pode danificar os fios, levando à queda exacerbada.

2. Cuidar da alimentação

Não adianta nada escolher os melhores produtos para os cabelos quando sua alimentação está completamente desequilibrada. Todo o alimento consumido é essencial para fortalecer os fios deixando-os brilhantes.

Nutrientes como minerais, vitaminas, proteínas e grãos integrais são excelentes quando presentes nos cosméticos, porém, ainda mais eficazes quando o organismo obtém por meio da alimentação.

3. Passe longe do álcool e do cigarro

Consumir drogas como álcool e cigarro aumenta a liberação de radicais livres no organismo, o que ocasiona na inflamação de vários tecidos inclusive o couro cabeludo. Assim, ambos estão associados ao aumento do hormônio DHT, responsável pela calvície, além de piorarem muito a queda de cabelo.

Leia também: Existe cura para a calvície?

4. Cuidado com o estresse, a ansiedade e a depressão

Quando as emoções não estão equilibradas, alterações no couro cabeludo também são comuns. Em alguns casos, você pode notar uma maior queda de cabelo. Em outros, a oleosidade pode aumentar e até evoluir para um quadro de descamação ou de caspa.

Uma maneira de passar longe desses problemas é a prática de atividades físicas. Se sentir que não consegue lidar com essas emoções de forma autônoma, não hesite em procurar ajuda profissional.

5. Não durma com os cabelos molhados

Quanto menos você passar com os cabelos molhados, melhor. A raiz úmida favorece a proliferação de fungos. Assim, quando você mantém os cabelos muito tempo molhados ou, especialmente, dorme com os cabelos molhados, contribui para este quadro. Também não recomendo que prenda os cabelos molhados. Abaixo, explico o uso do secador de cabelo.

6. Preste atenção no couro cabeludo

O couro cabeludo pode esconder doenças como você nem imagina. Alterações como coceiras, descamações e queda de cabelos podem indicar problemas como eczema, psoríase de couro cabeludo, entre outros.

Se você percebe alguma anormalidade, converse com seu médico. Ele será o responsável por diferenciar a caspa simples de uma descamação mais severa, por exemplo, e recomendar o melhor tratamento.

7. Cuidado com chapinhas e secadores

O uso de equipamentos que funcionam á base do calor elevado é cada vez mais comum. No entanto, é preciso usar sempre um bom protetor térmico para evitar os danos causados pelas altas temperaturas.


O secador de cabelos deve ficar a uma distância de até 10cm do couro cabeludo, sempre em jatos de calor ao movimentar o equipamento, tal como os cabeleireiros fazem.

A chapinha deve ser utilizada nos cabelos sempre secos e limpos. Nada de passar o equipamento no cabelo molhado, pois danifica os fios.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para saber mais.

Até a próxima!

Dr. Lucas Fustinoni

Ajuda pacientes em consultório a recuperarem a autoestima e a confiança de que podem, sim, ter a barba e os cabelos que desejarem com um tratamento seguro, adequado e eficiente.

Calvície: será que não tem solução?

Fechar Menu